RESENHA: O LADO FEIO DO AMOR

julho 05, 2018

Autora: Colleen Hoover
Ano de lançamento: 2015
Editora: Galera Record
Páginas: 334

→Sinopse
Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor. O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

"A diferença entre o lado bonito e o lado feio do amor é que o lado bonito é bem mais leve. A pessoa se sente como se estivesse flutuando. Ele ergue a pessoa. Carrega - a contigo. As partes bonitas do amor fazem você ficar acima do resto do mundo. Elas deixam a pessoa muito acima das coisas ruins, e a fazem olhar para todo o resto lá em baixo e pensaar: Caramba. Que bom que estou aqui em cima."

Resenha
Primeiramente oi meus caçadores de romances. Bem eu sei, eu sei, vocês fãs da Colleen me avisaram sobre como os livros dela são incriveis, e como eu a louca dos romances iria amar o lado feio do amor, me falaram como eu ia sofrer com toda a história e como eu ia me emocionar. Mas, porém, contudo, todavia, entretanto, eu escolhi sofrer e logo comprei o livro. (não foi só um, tive que comprar novembro 9 também, ainda não li mas confesso que estou ansiosa.)

A história é contada por Tate (os dias atuais e seu relacionamento com Miles) e por Miles (o passado repleto de dor que ele esconde até chegar no presente). Miles propoe a Tate só sexol, pois é tudo que ele pode oferecer no momento, e Tate ciente de tudo e sentindo que vai ter dificuldades em seguir as regras, concorda e diz para si mesma que não vai gostar dele. Quando a história está sendo contada por Miles, ela é toda trabalhada em forma poética, na qual você realmente sente as emoções dele. Já na parte contada pela Tate, você se sente angustiado/curioso como ela ao se questionar para si mesma sobre o passado de Miles e o porque que ela não pode questionar o futuro. 

Sobre as cenas de sexo. Nunca vi cenas de sexo tão bem descritas como as de o lado feio do amor. É completamente focado para as emoções dos personagens, o que encaixa perfeitamente no contexto da história. Diante de todo este contexto podemos imaginar o clichê de um rapaz "garoto mal" que está nem ai para os sentimentos, mas não. Miles é uma boa pessoa, se demonstra confuso com os sentimentos no decorrer de toda a história, mas não faz o papel de garoto mal. 

Por fim, quando eu descobri o motivo por tras de toda sua dor, eu me surpreendi, pois eu esperava um clichê bem clichê mesmo. O final realmente me arrancou lagrimás e eu só queria abraçar o Miles e dizer, estou aqui com você. Sobre a escrita da Colleen, gente, é muito envolvente, eu li o livro em um dia, e me arrependi de ter lido tão rápido pois eu queria mais. Então nesta história podemos ver todo o lado feio do maior e melhor sentimento, mas tenho toda a certeza que o lado que vai te tocar será o lado bonito e toda a sua intensidade e poesia.

E para finalizar, vou deixar o vídeo da música feita para a história para vocês ouvirem e acompanhar a tradução, assim vocês vão ter um gostinho a mais sobre ela. 











Você também vai amar:

0 comentários

Subscribe