O que eu achei de: Um de nós está mentindo

abril 16, 2018




O primeiro romance young adult a gente não esquece! Hoje conto para vocês minha experiencia com o gênero e o que achei de Um de nós está mentindo, escrito por Karen McManus e lançamento pela editora Galera Record.




Um de nós está mentindo
Autor: Karen McManus
Editora:
 Galera Record
Ano de lançamento: 2018
Páginas: 384
Sinopse: Cinco alunos entram em detenção na escola e apenas quatro saem com vida. Todos são suspeitos e cada um tem algo a esconder 

Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras. 
Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera. 
Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas. 
Cooper, o atleta, astro do time de beisebol. 
E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. 

Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta? 
Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.

                                       
Bronwyn é a clássica cdf da turma, dedicada, estudiosa e desesperada para passar em Yale, faculdade que a família inteira cursou.

Addy é a garota perfeita e tem um suposto relacionamento perfeito com Jake, são super populares.

Nate é o rebelde, só que com causa. Foi preso por tráfico de drogas e está na condicional.

Cooper carrega o esteriótipo de cara perfeito, atleta, gente boa, esforçado e tudo que a de bom. Sortuda da namorada dele, que o ama tanto... Pena que não é reciproco o sentimento e atração. 

Simon é o motivo de estarmos falando dessa turma, graças a ele e seu aplicativo de fofoca todos tem medo do que pode se espalhar. Simon sempre quis ser o centro das atenções, se misturar com o pessoal, ser ALGUÉM na escola e para isso criou o aplicativo que contava os segredos dos alunos. E é extremamente alérgico a amendoim.

Mas o que todos eles tem em comum? Acharam supostos celulares em suas mochilas, celulares que todos afirmavam que não eram deles e são mandados para a detenção. Pouco tempo depois após o inicio da detenção um acidente acontece no estacionamento da escola o que faz com que todos que estão ali deem atenção para o ocorrido, até que Simon tem uma reação alérgica e é levado as pressas ao hospital, não resistindo e morrendo pouco depois. Mas porque essa reação alérgica, o que levaria Simon a ter esse choque anafilático, foi um acidente ou algo proposital?

Todos naquela sala viram suspeitos da morte de Simon, afinal cada um deles tem motivos o suficiente para querer ver ele morto, mas o que aconteceu? Todos estão contando a verdade ou um deles está mentindo? 


Com uma proposta que te da a sensação que você vai entrar em um suspense, Um de nós está mentindo é além disso. Apesar de ser mais leve que um suspense eu fiquei totalmente entretida com o livro e devorei ele em apenas um dia. 

Confesso que me apeguei aos personagens, seus dramas e segredos e tive um mix de sentimentos que variava de raiva de alguns personagens, empatia e angustia. 

Falando um pouco de cada um:

Bronwyn ela deu raiva em muitos momentos, principalmente naqueles que queria ser a politicamente correta mas fiquei feliz vendo sua evolução e se mostrando uma mulher forte. Confesso que adorei torcer por ela e um certo alguém haha 

Addy é a garota perfeita e tem um suposto relacionamento perfeito. Aqui temos um caso de relacionamento abusivo que se mostra aos poucos e ver ela passando por isso é extremamente doloroso. Quando ela passa por uma transição e resolve mudar é incrível ver a mudança, aos poucos ela vai se tornando forte e emponderada, arrasou Addy!

Nate mora em uma casa afastada e totalmente desestruturada, seu pai é alcoolatra e aposentado, todo dinheiro que eles tem vão para dívidas e para o vicio do pai. Sua mãe era bipolar e viciada também, deixou Nate vivendo com o pai e se mudou. Nate tem vários traumas que carrega da financia e tem que se virar para conseguir dinheiro para comprar comida e as coisas básicas. A saída que encontrou foi vender drogas e remédios para se manter. Morria de tristeza pela situação do Nate e torcia para que algo bom acontecesse com ele.

Cooper  tem uma relação um tanto abusiva com o pai e faz de tudo para ser perfeito para ele, jogando bem no time da escola, se esforçando para passar em uma faculdade e seu pai não aceita menos. Cooper se esforça tanto, mas no fundo tudo que ele mais queria era ser aceito... e se aceitar. 

Simon sempre quis ser o centro das atenções, se misturar com o pessoal, ser ALGUÉM na escola e para isso criou o aplicativo que contava os segredos dos alunos. Claro que isso acarretava em bullyng, depressão e isolamento da vitima da fofoca e com isso muita gente tinha raiva de Simon. Confesso que não tive dó da situação dele, ele mesmo provocou esse ódio e desprezo que recebia.


Acabei ganhando o final com o desenrolar da história e achei ele OK. Estamos falando de um romance young adult e não um thriller ou romance policial então não podemos cobrar tanto suspense da história. Apesar do motivo da morte de Simon e tudo que acontece com os personagens, Um de nós está mentindo é um livro leve que te coloca no colégio novamente e te lembra os dramas adolescentes que todos nós já passamos. 


              



Você pode comprar nesses links: 

Amazon    |   Saraiva



 

Você também vai amar:

2 comentários

  1. Nossa! Amei seu blog! Vou acompanhar com certeza, já nos desenhos vi várias referências que amo! Nos vemos no próximo post! Bjks

    ResponderExcluir

Subscribe