O que eu achei de 'Mais Escuro'

fevereiro 18, 2018


 Acordem sua deusa interior, vamos ter mais do Grey!
Vim contar o que eu achei de "Mais Escuro", Cinquenta tons mais escuros na versão de Christian Grey!
Será que essa edição convenceu? Confira a resenha abaixo <3 p="">

Editora: Intríseca 
Páginas: 496 
Autora: E. L James
Sinopse: O relacionamento quente e sensual de Anastasia Steele e Christian Grey chega ao fim com muitas acusações e sofrimento, mas Grey não consegue tirar Ana da cabeça. Determinado a reconquistá-la, ele tenta suprimir seus desejos mais obscuros e sua necessidade de controle absoluto, e disposto a amar Ana nos termos estabelecidos por ela.
Mas os horrores de sua infância ainda o assombram, e, como se não bastasse, o chefe manipulador de Ana, Jack Hyde, claramente a quer. Será que o terapeuta e confidente de Grey, Dr. Flynn, poderá ajudá-lo a enfrentar seus demônios? Ou será que a possessividade de Elena, sua sedutora, e a devoção perturbada de Leila, sua ex-submissa, vão arrastá-lo para o passado?
E se Christian vai reconquistar Ana, será que um homem tão sombrio e cheio de problemas espera mesmo mantê-la?




                                           

Fã da trilogia, fiquei empolgada quando a editora divulgou o lançamento da continuação pelos olhos do Grey.

Cinquenta tons mais escuros é o meu livro favorito dos três, quando Grey e Ana conseguem desenvolver um relacionamento baunilha e vão conhecendo um ao outro deixando fluir.
Claro que nem tudo são flores, mas é lindo de se ver a toda a batalha pela conquista da Ana de volta.

Temos todo o envolvimento da ex submissa de Christian, Leila, que faz de tudo para chamar a atenção e entender porque Ana é a "escolhida" e ela não.

Elena, nossa odiada Mrs Robinson, vai dar as caras para querer virar a situação ao seu favor, deixando claro que Ana não é a pessoa ideal para Grey, mexendo com a insegurança e toda a estabilidade que o casal tinha conseguido.

E pra fechar tudo, temos Jack o chefe, que se faz de amável para Ana e depois mostra que é o tipico Leão em pele de cordeiro.

Além de todas as situações que fazem os dois remarem contra a corrente, vemos nitidamente que Grey não está disposto a perder Ana de novo, se permitindo conhecer coisas novas.

Ana, por sua vez ainda quer voltar ao quarto vermelho da dor, mas agora as coisas vão ser feitas a sua maneira.


Ver Grey apaixonado foi uma das coisas que salvaram essa leitura!

Como já li "Cinquenta Tons Mais Escuros" umas três vezes sei a história de cor e ter Grey narrando mostrando seu ponto de vista foi o clímax. 

Tirando isso, acabou ficando maçante algumas partes por serem idênticas a sua versão contada por Ana, ficando bem cansativo e preciso confessar que pulei algumas partes.

"Sou uma nova pessoa. Um novo Christian Grey. Estou apaixonado por Anastasia Steele e, mais importante, ela está apaixonada por mim. É claro que essa garota precisa fazer um exame para conferir se bate bem da cabeça, mas me sinto grato, exausto e feliz."


Apesar de gostar muito da trilogia senti falta de um a mais, a história não precisava ser mudada mas acho que poderia ter algumas cenas a mais e algo para sair da sombra do livro contado pela Ana.
Para quem estava com saudades dessa casal, o livro te coloca dentro do relacionamento e é muito mais interessante ver as coisas pelos olhos do Christian.

Entender seus traumas, medos e sentimentos é algo que podemos fazer nessa edição.

Nota: 3 caveirinhas 


Você também vai amar:

2 comentários

Subscribe