[Resenha] O casal que mora ao lado da Shari Lapena

outubro 09, 2017




Editora: Record
Ano de lançamento: 2017
Autora: Shari Lapena
294 páginas



É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. 
Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.




Tudo começa com um jantar, Anne e Marco são convidados pelo casal que mora na casa ao lado, seu vizinho Graham vai comemorar seu aniversário e sua mulher Cynthia faz um jantar para celebrar a data. Anne e Marco viraram pais a poucos meses e Cora é uma bebê agitada, Anne ainda está se adaptando a nova rotina, muitas vezes sofrendo por conta da sua depressão pós parto. Se preparando para o jantar a babá avisa que não vai poder cuidar de Cora e Anne quer desistir do jantar mas Marco insisti em ir e convence a mulher a deixar a bebê com a babá eletrônica e prometeu que a cada 30 minutos um deles vem olhar a filha. É claro que a história não termina bem e Cora é raptada! Quem sequestrou a bebê? Alguém viu algo? O que aconteceu com a Cora?
Todos são suspeitos e com o decorrer da história mentiras vem a tona e segredos são revelados.

O livro é narrado em 3ª pessoa e por mais que eu goste muito desse estilo de narração foi interessante ver um pouco do ponto de vista de cada personagem. Você não demora muito tempo para descobrir o culpado, o que poderia deixar o livro mais previsível e tedioso mas a autora conseguiu me fazer continuar curiosa para saber o PORQUE do culpado ter feito o que fez. Quando você acha que só saber o culpado e o motivo já finaliza a história você leva uma rasteira e descobre coisas por trás de tudo isso.A autora não se esforçou para esconder culpados, ela sempre deixou bem previsível, mas ela explicar tudo e dar um nó nas pontas soltas foi o desfecho perfeito.
A história tem seus pontos fracos, como a pouca construção de personagens, alguns que poderiam complementar a história como investigador Rasbach, tem uma participação importante mas rasa, como a maioria dos personagens secundários.
 Lapena poderia ter aprofundado mais a história e saído do raso.



Se quer uma leitura rápida e gosta de um bom suspense é um ótimo livro para matar em uma tarde.


Na amazon clicando aqui




Nota 4/5


Você também vai amar:

0 comentários

Subscribe